A Revista Viva dá uma receita de creme caseiro “seca-barriga”

28 fev

Confira aqui: a Revista Viva, da Editora Abril, ensina a fórmula de um produto feito em casa: com apenas cinco minutos diários de automassagem para perder 8cm de abdome! http://mdemulher.abril.com.br/dieta/reportagem/dietas/aprenda-fazer-receita-creme-caseiro-seca-barriga-618955.shtml

Anúncios

Cosméticos Sensuais: muito prazer!

14 fev

ATITUDES QUE DRENAM ENERGIAS

31 jan

1. Pensamentos obsessivos – Pensar gasta energia, e todos nós sabemos disso. Ficar remoendo um problema cansa mais do que um dia inteiro de trabalho físico. Quem não tem domínio sobre seus pensamentos – mal comum ao homem ocidental, torna-se escravo da mente e acaba gastando a energia que poderia ser convertida em atitudes concretas, além de alimentar ainda mais os conflitos. Não basta estar atento ao volume de pensamentos, é preciso prestar atenção à qualidade deles. Pensamentos positivos, éticos e elevados podem recarregar as energias, enquanto o pessimismo consome energia e atrai mais negatividade para nossas vidas.

2. Sentimentos tóxicos – Choques emocionais e raiva intensa também esgotam as energias, assim como ressentimentos e mágoas nutridos durante anos seguidos. Não é à toa que muitas pessoas ficam estagnadas e não são prósperas. Isso acontece quando a energia que alimenta o prazer, o sucesso e a felicidade é gasta na manutenção de sentimentos negativos. Medo e culpa também gastam energia, e a ansiedade descompassa a vida. Por outro lado, os sentimentos positivos, como a amizade, o amor, a confiança, o desprendimento, a solidariedade, a auto-estima, a alegria e o bom-humor recarregam as energia e dão força para empreender nossos projetos e superar os obstáculos.

3. Maus hábitos, falta de cuidado com o corpo – Descanso, boa alimentação, hábitos saudáveis, exercícios físicos e o lazer são sempre colocados em segundo plano. A rotina corrida e a competitividade fazem com que haja negligência em relação a aspectos básicos para a manutenção da saúde energética.

4. Fugir do presente – As energias são colocadas onde a atenção é focada. O homem tem a tendência de achar que no passado as coisas eram mais fáceis: “bons tempos aqueles!”, costumam dizer. Tanto os saudosistas, que se apegam às lembranças do passado, quanto aqueles que não conseguem esquecer os traumas, colocam suas energias no passado. Por outro lado, os sonhadores ou as pessoas que vivem esperando pelo futuro, depositando nele sua felicidade e realização, deixam pouca ou nenhuma energia no presente. E é apenas no presente que podemos construir nossas vidas.

5. Falta de perdão – Perdoar significa soltar ressentimentos, mágoas e culpas. Libertar o que aconteceu e olhar para frente. Quanto mais perdoamos, menos bagagem interior carregamos, gastando menos energia ao alimentar as feridas do passado. Mais do que uma regra religiosa, o perdão é uma atitude inteligente daquele que busca viver bem e quer seus caminhos livres, abertos para a felicidade. Quem não sabe perdoar os outros e si mesmo, fica ”energeticamente obeso”, carregando fardos passados.

6. Mentira pessoal – Todos mentem ao longo da vida, mas para sustentar as mentiras muita energia é gasta. Somos educados para desempenhar papéis e não para sermos nós mesmos: a mocinha boazinha, o machão, a vítima, a mãe extremosa, o corajoso, o pai enérgico, o mártir e o intelectual. Quando somos nós mesmos, a vida flui e tudo acontece com pouquíssimo esforço.

7. Viver a vida do outro – Ninguém vive só e, por meio dos relacionamentos interpessoais, evoluímos e nos realizamos, mas é preciso ter noção de limites e saber amadurecer também nossa individualidade. Esse equilíbrio nos resguarda energeticamente e nos recarrega. Quem cuida da vida do outro, sofrendo seus problemas e interferindo mais do que é recomendável, acaba não tendo energia para construir sua própria vida. O único prêmio, nesse caso, é a frustração.

8. Bagunça e projetos inacabados – A bagunça afeta muito as pessoas, causando confusão mental e emocional. Um truque legal quando a vida anda confusa é arrumar a casa, os armários, gavetas, a bolsa e os documentos, além de fazer uma faxina no que está sujo. À medida em que ordenamos e limpamos os objetos, também colocamos em ordem nossa mente e coração. Pode não resolver o problema, mas dá alívio. Não terminar as tarefas é outro “escape” de energia. Todas as vezes que você vê, por exemplo, aquele trabalho que não concluiu, ele lhe “diz” inconscientemente: “você não me terminou! Você não me terminou!” Isso gasta uma energia tremenda. Ou você a termina ou livre-se dela e assuma que não vai concluir o trabalho. O importante é tomar uma atitude. O desenvolvimento do auto-conhecimento, da disciplina e da terminação farão com que você não invista em projetos que não serão concluídos e que apenas consumirão seu tempo e energia.

9. Afastamento da natureza – A natureza, nossa maior fonte de alimento energético, também nos limpa das energias estáticas e desarmoniosas. O homem moderno, que habita e trabalha em locais muitas vezes doentios e desequilibrados, vê-se privado dessa fonte maravilhosa de energia. A competitividade, o individualismo e o estresse das grandes cidades agravam esse quadro e favorecem o vampirismo energético, onde todos sugam e são sugados em suas energias vitais.

Aromaterapia para um Ano Novo Mais Gentil

28 dez


Reflexões, reflexões, reflexões… Ano Novo, câmera…. Ação! É sempre o mesmo ritual, cada um a seu jeito. Cada ano com um enfoque diferente. Perdão, amor, gratidão… tudo isto está interligado, com roupagens diferentes. Afinal, temos que ter alguma mensagem para passar. Muito tem se falado sobre o poder da gentileza, que também não foge aos temas citados. E não poderia estar mais em alta! E falo aqui da gentileza verdadeira, aquela que vem do fundo do coração, que não exige esforço, que não tem a ver com educação que recebemos na infância, que não precisamos pensar nem respirar para sermos… gentis.

A gentileza tem a ver com o amor, que não espera nada em troca a não ser tornar o mundo mais feliz! “Contaminar” o mundo com gentileza porque toda forma de energia se espalha. Mau humor atrai e espalha mau humor. Gentileza atrai e espalha gentileza e afasta a nuvem negra que às vezes se instala sobre nossas cabeças. Quem não assistiu ao filme “A corrente do bem” e não parou para pensar? Não é ficção, utopia. Pode ser realidade! Energia se espalha! Sorrir de verdade, olhando nos olhos e sentindo-se bem. Problemas todos temos, mas são nossos e é preciso separar o joio do trigo e não esperar resolvê-los todos para podermos ser gentis com os outros. Ter uma atitude mais relaxada em relação à vida e ver que desta forma os problemas até se resolvem mais facilmente. Não se deixar levar pelo lado maquiavélico da mente. Inalar óleos essenciais para relaxar a mente, acalmar os espíritos e assim se abrir para os outros, naturalmente!

Um bom momento para inalar óleos mais espirituais, para fortalecer nossas crenças. Olíbano, cedro, cipreste, sândalo, mirra, misturando com cítricos para alegrar e dar leveza, como bergamota, tangerina e limão. Para aliviar angústias, comum para muitas pessoas nesta época, podemos inalar lavanda, manjericão, manjerona, laranja e ylang-ylang. Quem está angustiado não consegue muitas vezes sorrir. Capim limão para acalmar e revigorar! A mente, a mente… a mente mente e nos faz refém. Acalme a mente. Fortalecendo nossas crenças, aliviando as angústias, acalmando a mente fica mais fácil sermos gentis.

E gentileza autêntica atrai prosperidade. Quando queremos o bem para os outros, tudo de bom conseguimos para nós mesmos e para todos a nossa volta. Na passagem do ano, aromas quentes e cítricos são a grande pedida, seja em sprays ambientais, em velas aromáticas, em difusor elétrico, em aromatizador pessoal, até em banhos aromáticos! Use e abuse deles, sempre com o pensamento positivo e alegre, mentalizando e visualizando riqueza, amor, saúde… para si e para todos!

Receita da Semana

Sinergia para orar e agradecer

10 gotas de olíbano
30 gotas de bergamota
Pingar de 5 a 10 gotas no difusor elétrico ou rechô a vela

Sinergia para aliviar angústias:

10 gotas de manjericão
30 gotas de laranja
Ou
10 gotas de ylang-ylang
30 gotas de tangerina

Sinergia para acalmar a mente:

10 gotas de capim limão
30 gotas de lavanda

Pingar de 1 a 2 gotas no aromatizador pessoal

*****************************************************************

Sinergia para prosperidade

3 gotas de cravo

9 gotas de tangerina
2 colheres de sopa de óleo vegetal de amêndoas
Misturar e passar após o banho com o corpo ainda úmido

Ou

4 gotas de manjericão
1 colher de sopa de sal grosso
Misturar, colocar numa jarra de água quente do chuveiro e despejar sobre o corpo do pescoço para baixo.

Caminho: Beatriz Yoshimura, 6/12/2010, coluna escrita para o Portal Você em Equilíbrio da Nextel.

AROMATERAPIA: OS ÓLEOS SAGRADOS

28 dez


A aromaterapia é a arte e a ciência de proporcionar bem estar físico, mental e emocional através da utilização de óleos essenciais puros.

Para os cristãos, Jesus é considerado o Messias, que veio ao mundo com seu amor e bondade para livrar todos os homens de seus pecados. A data do seu nascimento, o Natal, é comemorada na passagem do dia 24 para o dia 25 de dezembro. Muitas pessoas se reúnem em família para lembrar Jesus, seus ensinamentos e sua prova de amor pela humanidade. Também é uma época em que as pessoas se sentem tocadas pelo espírito do Natal e realizam boas ações e ajudam aos outros. O Natal é sempre uma data muito especial, simbolizado pelas trocas de presentes entre amigos e familiares.

Diz a tradição cristã que, na época do Natal, uma estrela de grande brilho surgiu no céu, indicando a todos o local onde nasceria o Messias. A estrela de Belém com sua luz guiou os três Reis Magos até o local que abrigava Maria, José e o menino Jesus. E montados em seus camelos, esses três reis atravessaram grandes desertos, e chegaram à Judéia. Cada um deles se ajoelhou e ofereceu um presente. Balthasar saudou o menino com ouro, símbolo da realeza. Gaspar trouxe incenso de olíbano, utilizado para louvar aos deuses. E Belquior ofereceu mirra, uma resina usada para perfumar e embalsamar.

A aromaterapia estava presente lá no nascimento de Jesus através da Mirra e do Olíbano, que são considerados óleos sagrados. O Olíbano representado pela espiritualidade e a Mirra pela imortalidade. Quando utilizamos esses óleos resgatamos a memória de 2000 mil anos atrás.

Um pouco mais sobre esses dois óleos:

A palavra MIRRA origina-se do hebraico maror ou murr, que significa “amargo”. É uma árvore espinhosa, de folhas caducas, que pode atingir 5 metros de altura, nasce em solo árido. (http://pt.wikipedia.org/wiki/Mirra). Os óleos etéreos mais frequentemente encontrados são Commiphora molmol e Commiphora mirra, enquanto o óleo de Commiphora erythraea, denominada de Mirra doce ou Opopanax, raramente é comercializado, possuindo um aroma adocicado, muito agradável em perfumes. (Manual Prático de Aromaterapia – Hermann N. A. Ulrich)

A mirra aprofunda os estados meditativos fazendo uma conexão entre o espiritual e o material, trazendo paz interior.

Qualidade Energética: YANG

No físico ajuda nas infecções e inflamações da pele, pele desvitalizada e seca tosses, bronquite, resfriados, estimula o apetite.

No emocional ajuda em estados de estagnação, quem está sem objetivo na vida, pessoas que se sentem deslocadas, não acham um lugar na Terra. Ajuda a controlar os vícios, trabalha processos obsessivos. Bom também para limpeza de energias negativas.

Contra Indicações: respeite os limites de segurança, não é aconselhável para hipotensos (pressão baixa) e durante a gravidez.

Sinergia para ajudar a controlar vícios: Mirra + Gerânio + Mentha

O OLÍBANO, também conhecido como franquincenso, é uma resina aromática muito usada na perfumaria e fabricação de incensos, obtido de árvores africanas e asiáticas do gênero Boswellia. Seu nome franquincenso é provavelmente devido ao fato de ter sido re-introduzido na Europa pelos Francos, já olíbano é derivado do árabe al-lubán (“o leite”), em referência à seiva leitosa que sai ao golpear a árvore de olíbano. (http://pt.wikipedia.org/wiki/Mirra). O olíbano é usado em ritos religiosos, é chamado de Pai Protetor.

Qualidade Energética: YIN

Sinergia para limpeza e proteção de ambientes: Olíbano + Cravo + Lavandim

Caminho: shttp://solangelima.net/blog/

Cores para o Reveillon segundo a Numerologia

27 dez

Cada número carrega na sua vibração uma cor correspondente.

E sabendo calcular seu Dia Pessoal você saberá qual a melhor cor para usar no Reveillon e trazer boas energias para o início de 2011.

Primeiro vamos ao cálculo do Ano Pessoal.

Precisamos do dia e mês de nascimento e o ano em questão, no caso 2010.

Por exemplo: 30/10/2010 => 3+1+2+1 => 7 (esse Ano Pessoal 7 vai de 30/10/2010 à 30/10/2011).

Para calcular o Mês Pessoal, por exemplo para o mês de dezembro: Ano Pessoal 7 + 12 = 19 = 1. Sempre reduzimos o número a um único dígito.

Para calcular o Dia Pessoal para a pessoa que nasceu no dia 30/10, temos o Ano Pessoal 7 e o Mês Pessoal 1.

No caso o dia 31/12 para a pessoa que nasceu no dia 30/10 => Somamos 7 (Ano Pessoal) + 1 (Mês Pessoal) + 31 (Último dia do Ano de 2010) => 7 + 1 + 31 => 39 => 12 => 3.

O dia 31 para quem nasceu no dia 30/10 vibra no número 3, confira a dica de cor e sugestões para o número 3 abaixo.

Dicas de Cores


Dia 1 – Utilize uma roupa ou peça íntima ou ainda um acessório na cor VERMELHA.
O número 1 é um número de coisas novas, novos projetos impulsionados pela cor vermelha que é estimulante, impulsiona novas idéias, novos projetos, traz autoconfiança, iniciativa e coragem. Começe o ano pensando coisas positivas e abuse da ousadia.


Dia 2 – Utilize uma roupa ou peça íntima ou ainda um acessório na cor LARANJA.

O número 2 é o das parcerias, relacionamentos, é compartilhar, ser tolerante e paciente. A cor laranja estimula essas questões ligadas as parcerias, trabalhando a comunicação, interação e melhorando os desafios dos relacionamentos. Passe em um local mais calmo e tranqüilo em companhia da pessoa amada.


Dia 3- Utilize uma roupa ou peça íntima ou ainda um acessório na cor AMARELA.

O número 3 é comunicação, criatividade, crescimento e expansão. Crie um look bem diferente para esse dia com alguma peça de roupa ou acessório amarelo, e vá a lugares alegres e com muitas pessoas, se divirta muito.


Dia 4 – Utilize uma roupa ou peça íntima ou ainda um acessório na cor VERDE.

O número 4 é da organização, estabilidade e segurança. Planeje os detalhes para que nada dê errado e fique junto com a família em restaurante ou em casa, começando o ano com estabilidade e solidez.


Dia 5 – Utilize uma roupa ou peça íntima ou ainda um acessório na cor AZUL CLARO.

O número 5 traz mudança, agitação, badalação. Passe uma noite diferente em um lugar com música, dança e muita descontração com amigos. Viagens e locais ao ar livre são bem vindos.


Dia 6 – Utilize uma roupa ou peça íntima ou ainda um acessório na cor ÍNDIGO OU AZUL ANIL.

O número 6 remete a família e lar, harmonia. Fique em sua casa ou na casa de parentes ou amigos bem íntimos.


Dia 7- Utilize uma roupa ou peça íntima ou ainda um acessório na cor VIOLETA.

O número 7 é do autoconhecimento, da introspecção, da espiritualidade. Vá a lugares que sinta essa energia de paz, tranqüilidade ou fique em contato com você mesmo. O momento é de reflexão e renovação de energia.


Dia 8 – Utilize uma roupa ou peça íntima ou ainda um acessório na cor ROSA.

O número 8 é do poder, da força e da energia, prosperidade em todos os sentidos. Você que vai comandar a festa de Reveillon para receber seus amigos e parentes ou levar todos para um lugar elegante e requintado.

Faça algo diferente e inovador, saia do convencional. Pode ser na companhia da família, amigos ou da pessoa amada.


Dia 9 – Utilize uma roupa ou peça íntima ou ainda um acessório na cor AMARELO-OURO OU DOURADO.

Será uma noite que deve exercer seu altruísmo com amigos ou pessoas da família. Se estiver com alguma mágoa faça um exercício de perdão e finalize pendências que possam estar presente ainda em sua vida. Faça uma faxina e tire tudo que não serve mais na sua vida.

Caminho: shttp://solangelima.net/blog/

10 dez